09/02/2009

Há muito, muito tempo...

... o B disse-me que se tinha apaixonado, à primeira vista.

... o E pediu-me em namoro quando tínhamos 13 anos e disse à minha mãe que era o meu namorado.

... o N disse-me que se tivesse pedido, ele teria ficado... e fez-me uma surpresa digna de filme: apareceu no meio do hotel com o maior sorriso que alguma vez vi.

... o M disse-me que era a princesa mais linda do mundo.

... o H disse que me amava.

... outro N aprendeu a dizer 'Ich Liebe Dich' para mo gritar no meio de um intervalo.

... o T fez quase 50 quilómetros para me vir entregar uma flor, a meio da noite.

... o R enviou-me uma mensagem que só dizia "bom dia, minha linda! adoro-te".

... o J também me enviou uma mensagem que dizia apenas GMDT (= gosto muito de ti).

... outro M chorou quando demos o primeiro beijo.

Nenhum destes acontecimentos 'caiu' no Dia dos Namorados. Por isso... dia de São quê? Não preciso que o calendário me diga quando ou onde devo ter os meus momentos românticos e inesquecíveis. Não preciso que o calendário me mande comprar uma prenda para agradar a alguém... prefiro o amor sem hora marcada!

6 comentários:

M disse...

Nem mais....

NI disse...

Subscrevo.

Cristina disse...

M, :)

Ni, achas que é preciso mais alguma coisa? :)

O Profeta disse...

Construí um abrigo no deserto da emoção
Os vales são as ruas de um Deus
Fecha-se a alegria da terra
Um último olhar de amor, solto dos olhos teus

Na noite tudo se perde
Mora a sombra, o desvario
A indomável vontade do amor
Tem a força de um Rio


Boa semana


Mágic0 beijo

Bernardo Lupi disse...

Curti a última frase! :)
Psssiiuuu, guarda segredo. Acho que entenderás...

LoiS disse...

Ena Ena tanta gente? expões-te assim ?