17/06/2008

Para sempre

Deitaram-se às 4 da manhã, depois de um dia (e noite) muito ocupado.

Antes disso, tinham estado a falar, encostados aos móveis da sala, como praticamente dois desconhecidos que eram. Um dia (e noite) de muita correria e stress que acabara assim: duas pessoas - um homem e uma mulher - encostados a um armário de vidro fosco, a conversar sobre banalidades.

Deitaram-se às 4 da manhã.

Ele foi à frente. Reservou para si o lado direito da cama. Ela seguiu-o. E, com gestos felinos, despiu-se. Nem assim desviou o olhar dele da televisão. Com os mesmos gestos felinos, deitou-se ao lado dele. Cabeça encostada no ombro dele e uma mão naquele peito quente.

Eram 4 da manhã.

Cansados depois de uma dia (e noite) de stress e de correria conta o tempo. Ela queria ficar assim para sempre. Ele nem por isso: acabara de se virar para o outro lado e dormia. Eram 4 da manhã e 12 minutos quando ela se apercebeu que o seu "para sempre" havia terminado. Exactamente, 12 minutos depois de se terem deitado.

Ele, de costas viradas, e ela, a chorar silenciosamente, no lado da janela, no lado esquerdo da cama. Eram dois quase estranhos que partilhavam o mesmo leito. Dois quase estranhos magoados pelo amor. Dois amantes por conveniência, mas que de amantes tinham muito pouco.

16 comentários:

Ele há horas assim... disse...

olha que esta tua nova faceta (que eu desconhecia) me está a deixar muito surpreendido. E é claro que é pela positiva!!!

Está muito bom! Continua!

Beijokas! :)

Fernando Pessoa disse...

estou sentado a ouvir....

Cristina disse...

Horas, ainda bem que gostas. :)

Fernando Pessoa, tenho muito para dizer...

Beijooosss

Fernando Pessoa disse...

tenho tempo para ouvir...

Cristina disse...

Fernando Pessoa, e a mim, às vezes, falta-me tempo para falar!

Fernando Pessoa disse...

somos dois. por isso é que gosto de ouvir.

Cristina disse...

Não é garantia de ter interesse!

Fernando Pessoa disse...

isso é cá com o maluco dos heterónimos. nunca nos cansamos de ouvir à vez :D

Cristina disse...

Hahahaha... "abusei" do teu Alberto Caeiro no dia 13 de Junho, caro Fernando, no meu outro blogue! Espero que não te importes! ;)

Fernando Pessoa disse...

podes passar no meu canto. aquele post é dedicado à tua simpatia em responderes mesmo sem tempo :D

Cristina disse...

N'O Blog dos 5 Pês? Vou passar! :)

E muito obrigada... é simpático da tua parte!

sessaoexperimental disse...

uiiiii...excelente.....e um triste retrato de muitas realidades.....

Bjocas ;)

Cristina disse...

Calvin, é, não é?

Beijo

Djinn disse...

Sim...o príncipio do fim...

REFLEXOS di LUNA disse...

São 4:12h será melhor ir dormir...?
Tenho um para sempre à espera...
;-)

Cristina disse...

Djinn, pois... foi mesmo!

Reflexos di luna, e foste?! :)