14/01/2009

Eu acredito nisto. E tu?

"Ouvir musica, conversar, ir a uma exposição, trocar livros, jantar com amigos, ir às compras, tudo pode dar prazer se a pessoa que está connosco, além de ser o nosso sócio nas proezas sexuais, também é o nosso braço direito para o dia-a-dia"

Retirado de 'Onde reside o amor', de Margarida Rebelo Pinto 
(roubado do blogue: http://desabafosecoisas.blogspot.com/)

3 comentários:

LoiS disse...

O que faço, gosto de fazer sem sociedades! ;)))

Cristina disse...

Olha, eu cá gostei.

E atenção... a Margarida Rebelo Pinto é o meu 'ódiozinho de estimação' ;)

PAULO LONTRO disse...

Cristina, o que está escrito é verdade, concordo, mas também poderia ser verdade se apenas fossem sócios nas proezas ou se fossem o braço direito sem as tais proezas ou ainda pode dar prazer tudo aquilo sozinho.
Na minha opinião estas frases são daqueles que dizem tudo e não dizem nada... :) ;)